Feliz hoje! {Seja bem vindo, 2014!}

ano novo (1)

Sempre começamos o ano fazendo planos. Traçando metas. Com uma empolgação insuperável, acreditamos intensamente de que tudo dará certo, de que vamos realizar nossos sonhos e projetos no próximo ano que se inicia. Dividimos abraços, desejamos o melhor para nossos queridos, sorrimos, comemoramos. Dia 31/12, a meia-noite é mágica. Porque entramos em um novo tempo. O mundo celebra, nós nos alegramos com todos juntos de nós. É um disparar do coração, uma euforia de esperança. De um dia para o outro, desejamos que o próximo ano seja melhor, que nós sejamos melhores. É como se encerrássemos um ciclo para começar outro. Assim, dividido por algumas horas.

No dia 1 de janeiro, acordamos com aquela sensação de recomeço. De que tudo já está melhor, de que vamos viver coisas totalmente novas.

Mas por que somente no dia 31 de dezembro e 1 de janeiro vivemos isto? Tudo bem, a virada do ano. Mas algo tem me feito meditar profundamente no que nos motiva a celebrar o novo. Um calendário seria capaz de nos motivar mais do que o nosso dia a dia que dormimos e acordamos com um novo dia de presente em nossas mãos?

Talvez a maior importância da Festa de Ano Novo seja reflexão e agradecimento. Mais do que achar que no ano seguinte tudo será diferente, é parar um pouco para refletir e agradecer. Temos uma lista de planos para o próximo ano. E tivemos também, para este que passou.

Muitas coisas não deram certo. Outras, deram tão certo, além do que imaginamos. Outras ainda aconteceram sem a gente esperar. E muitas coisas, nos ensinaram a ser mais fortes e a perseverar. Digo por mim. As vezes choramos quando achávamos que iriamos sorrir. Mas também sorrimos quando pensamos que iriamos chorar. Até uns meses atrás, eu cheguei a dizer que 2013 foi um dos anos mais difíceis da minha vida. Mas hoje, eu digo que foi um dos melhores.

Quem é mais próximo a mim pode perguntar: “..um dos melhores? Depois de coisas tão difíceis que você passou?”

Sim, um dos melhores. A vida é a melhor coisa que temos. Uma dádiva. E o que mais me impressionou neste ano de 2013, é que quando eu achava que estava totalmente sem razões para continuar, eu me olho hoje, e vejo o quanto estou de pé. O quanto de sonhos que foram multiplicados, o quanto de esperança que foi renovada. E não foi algo de extraordinário que “aconteceu”. Simplesmente porque o extraordinário é continuar. É perseverar. É ter fé. Muita fé.  Isso faz toda diferença.

Por isso, sou grata a Deus por tudo. Por todas as lutas, tristezas e imensas alegrias. Porque tudo é para edificação da nossa vida. Tudo é para aprendermos, a não desistir e a sermos mais fortes, a darmos importância às coisas mais simples e essenciais da nossa vida.

Um Ano Novo não são 365 dias que virão. Um Ano Novo é o HOJE. Porque só temos o HOJE pra viver. O ano de 2014 inteiro não nos pertence ainda. O que temos em mãos é o AGORA. Os sonhos nós geramos dentro de nós. O hoje é como um bebê que nasceu de nós, nos foi dado como benção, e precisamos cuidar, amar, proteger e transformar. Simplesmente hoje. Vamos gerar dias melhores. E cuidar deles para que frutifiquem.

Obrigada a todos que acompanharam meu trabalho em 2013 e obrigada a todos que vão continuar acompanhando. Obrigada pela paciência muitas vezes, obrigada pelo carinho, pela honra de eu poder fazer parte da vida de cada um de vocês. Obrigada por cada comentário carinhoso nas minhas fotos, vocês não fazem ideia do quanto isso me impulsiona a prosseguir. Obrigada por aceitarem minhas maluquices. Obrigada por me fazerem grande me ensinando tantas lições maravilhosas. Obrigada por me sustentarem com tanto amor. É por causa de vocês que aprendi a amar de verdade, a chorar com os que choram e se alegrar com os que celebram a vida.

Este ano que passou, fotografei um casamento no dia em que minha família estava de luto profundo. Fotografei crianças quando eu estava em dias muito tristes. Fotografei casais quando meu coração estava em pedaços. Mas em todos estes momentos, eu sou eternamente grata. Pode ser que no dia, eu tenha dito pra mim mesma: “foi difícil”. Mas hoje, eu vejo que foi maravilhoso todos estes dias preciosos em que aprendi. Poder compartilhar da vida de outras pessoas enriquece a minha própria vida. É como se meu mundo colorido pudesse ter cores mais novas ainda, as quais eu nunca imaginei que pudesse ter.

Portanto, obrigada. Esta é a palavra que mais arde no meu coração hoje.

E que possamos ter no coração também que o Ano Novo é cada dia Novo que recebemos como PRESENTE. Que em todos os dias, a partir de hoje, possamos celebrar a novidade de vida que Deus nos dá, sorrindo, tendo esperança, alegria, soltando fogos em forma de abraços, compartilhares e sorrisos. Que possamos comemorar cada novo dia que temos de presente. Não só pela virada de um ano, mas pela virada de uma nova noite cheia de estrelas e um novo amanhecer. Que possamos ter mais fé do que já tivemos. Que possamos acreditar verdadeiramente em Deus e amar a Sua vontade.

Cuide do seu novo dia. Ame o seu novo dia. Está em suas mãos fazer dele um espetáculo.

Feliz 2014! Feliz HOJE! Pra todos nós!

ano novo (7)

ano novo (2)

ano novo (6)

ano novo (10)

ano novo (3)

ano novo (11)

ano novo (8)

ano novo (12)

ano novo (4)

ano novo (14)

Anúncios